quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Retornará...


Um dia a Humanidade pagará por cada espécime que deixou morrer, que deixou se extinguir, até que chegue seu próprio fim.

domingo, 8 de agosto de 2010

Para meu amado Manoel

video

Esses seus cabelos brancos, bonitos, esse olhar cansado, profundo
Me dizendo coisas, num grito, me ensinando tanto do mundo...
E esses passos lentos, de agora, caminhando sempre comigo,
Já correram tanto na vida,
Meu querido, meu velho, meu amigo

Sua vida cheia de histórias e essas rugas marcadas pelo tempo,
Lembranças de antigas vitórias ou lágrimas choradas, ao vento...
Sua voz macia me acalma e me diz muito mais do que eu digo
Me calando fundo na alma
Meu querido, meu velho, meu amigo

Seu passado vive presente nas experiências
Contidas nesse coração, consciente da beleza das coisas da vida.
Seu sorriso franco me anima, seu conselho certo me ensina,
Beijo suas mãos e lhe digo
Meu querido, meu velho, meu amigo

Eu já lhe falei de tudo,
Mas tudo isso é pouco
Diante do que sinto...
Olhando seus cabelos, tão bonitos,
Beijo suas mãos e digo
Meu querido, meu velho, meu amigo


Composição: Roberto Carlos e Erasmo Carlos

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Enganando Ela!



Uma mulher foi levada às pressas para o CTI de um hospital.
Lá chegando, teve a chamada "quase morte", que é uma situação pré-coma, e neste estado, encontrou-se com a morte.

- Que é isso? - perguntou - Eu morri?

- Não. Pelos meus cálculos, você morrerá daqui a 43 anos, 8 meses, 9 dias e 16 horas.

Ao voltar a si, refletindo sobre quanto tempo ainda tinha de vida, resolveu ficar ali mesmo naquele hospital e fazer uma lipospiração, uma plástica de restauração dos seios, plástica no rosto, correção no nariz, tirou todos os excessos, as ruguinhas e tudo mais que podia mexer para ficar linda e jovial.

Após alguns dias de sua alta médica, estava tão contente e vaidosa de sua nova forma fisica que ao atravessar a rua, não olhou para os lados. Veio um veículo em alta velocidade e a atropelou, matando-a na hora.

Ao encontrar-se de novo com a morte, ela perguntou irritada:

- Puxa, você me disse que eu tinha mais 43 anos de vida. Por que morri depois de toda aquela despesa com cirurgias plásticas!?

A morte aproximou-se bem dela e, olhando-a diretamente nos olhos, respondeu:

-
CRIATURA, NÃO TE RECONHECI!! FOI MAL...

Contribuição: Ângela Medeiros Freitas

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Vergonha


Em fim, ele conseguiu! Está terminado o estágio final da metamorfose.
Antes era uma lagarta, que perseguia, perseguia, mas entrou no casulo e... Barrichelizou!!!

Nosso funcionário do mês!

Pelo bem da equipe, depois de liderar de ponta a ponta todo o Gran Prix da Alemanha, ele apertou o botão codificado e deu a vitória ao "sangue nos olhos", Fernando Alonso.

Que saudades do Senna, o Aírton, claro.

Eneacampeão!!!!!!!!!


1... 2... 3... 4... 5... 6... 7... 8... 9!!!!!!!!!

Parabéns a melhor e maior Seleção de Volleyball de todos os tempos!


Exemplo de determinação e perseverança em todas adversidades.

Seleção

Bruno
Dante
Giba
João Paulo
J. Bravo
Leandro
Lucas
Mario Jr.
Marlon
Murilo
Rodrigão
Sidão
Théo
Thiago Barth
Thiago Alves
Wallace

Comissão Técnica

Bernardo Rezende (TEC)
Roberley Leonaldo (ASS)
José Francisco dos Santos (AUX)
José Salles Neto (PFIS)
Guilherme Tenius (FIS)
Ney (MED)
Álvaro Chamecki (MED)
Roberta Giglio (EST)

sábado, 17 de julho de 2010

Tomates Secos



Receita: Tomates secos

Ingredientes:

1kg de tomate Débora ou de sua preferência maduro
1 colher de sobremesa de açúcar
1 colher de chá de sal
Azeite o quanto baste para cobrir
Dentes de alho inteiros
Pimentas de cheiro (quais gostar mais)
Tomilho
Alecrim
Manjericão

Modo de fazer:

Corte os tomates ao meio e tempere com a mistura de sal e açúcar, leve ao forno bem baixo até desidratar, leva umas 5 horas. Retire os tomates desidratados do forno e deixe esfriar. Em vidros esterilizados, coloque os tomates em camadas, azeite e temperos, cuidando em tirar o ar apertando bem os tomates dentro do azeite, para garantir a conserva. Monte em camadas, até preencher o vidro.

Diário do Olivier

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Dói

Ainda dói quando lembro de como maltrataram você.
Você não merecia em hipótese alguma o que aconteceu.
Como, de que maneira, por que deixaram isto acontecer?

Nós que nos acostumamos a mais sorrir do que a chorar.
Tivemos que engolir em seco. Calar o grito. Lamentar.
Este entalo ainda não saiu, vai perdurar.

Por onde andava a cabeça dos homens que te fizeram sofrer?
Com certeza não estava neste planeta.
Que brutalidade!
Faltou delicadeza, faltou carinho, faltou Amor.

O mais belo sorriso desapareceu.
O menino maroto estava tímido.
Nada foi Fabuloso.
Os Melhores não se apresetaram.
Em nada foram Gigantes.

Apagaram-se as Estrelas.
Ascendeu a mediocridade e arrogância disfarçadas de...
Coerência.

Sofri, sofremos, sofro...
Assim, por favor,
Presidente, caia com o avião se for necessário.
Respeitem quem te fez uma mão inteira Feliz.
Respeitem o Povo Brasileiro.


Respeitem minha Seleção Brasileira.



02 de julho de 2010

A Seleção Brasileira de Futebol foi eliminada da Copa do Mundo Fifa 2010 na África do Sul. Perdeu de maneira inexplicavél para a seleção da Holanda em Porto Elizabeth. O placar foi de 2 a 1.
Já era quarta de final, gente!
Mais uma vez ficou pelo caminho por causa de tolices.
Os Laranjas, haha, chegaram longe, foram vice-campeões, pela terceira vez.

Imaginem...

O primeiro tempo do jogo foi fantástico, ganhou por 1 a 0, gol de Robinho, em um lançamento vertical de Felipe Melo, pásmem!

O segundo tempo, "pelas barbas do Profeta!"
A Seleção simplesmente ficou dormindo. Não entrou em campo. Apenas Felipe Melo para fazer bobagens, idiotíces, imprudências. Atrapalhou logo o melhor do Mundo (será?)... Basta! Cartão vermelho para ele.

Luis Fabiano, o Fabuloso, deixou passar a bola fatal. Uma jogada básica, primária mesmo. Um escanteio, bola parada, que deveria ser cortado no primeiro pau, que nada, Gooool!
Inédito gol do baixinho Sneijder.
Oh, Luis, respeita Januário!

Dunga, por favor, antes de desejar ser técnico de time de botão, seja humilde, aprenda primeiro a sua língua materna. "Nós agradece."

Num mundo perfeito...

Vencemos o Chile tranquilíssimos, 3 x 0.
Venceríamos a Holanda com facilidade, se tivessemos entrado em campo, evidente.
O Uruguai, na semi, seria duro, mas era nosso freguês, babinha.
A final, ah a final...
Brasil e Espanha, Brasil e Alemanha ou até... Brasil e Argentina, que fosse!
Hexa, heim?!

É, poderia ter sido diferente.

Voltando a realidade...

Parabéns, Celeste Uruguaia. Fantástica quarta colocação. Vocês não caíram, subiram com honra, coragem, luta. Orgulhem-se!
Alemanha, minha Alemanha, em terceiro. Mostrou, desde o início que jogavam para ser campeões, independentes de conquistas pessoais. Vejam... Miroslav Klose, segundo maior artilheiro das Copas, possivelmente participou de sua última, não jogou o último. Ficou com 14 gols, poderia ter igualado ou ter feito mais que Ronaldo (15 gols), mas ele queria era mais.
Aguardem, vamos dar o que falar em 2014. A molecada vai matar a pau.
Holanda? Tri-vice-campeã! "E o kiko?"
Espanha!!! A Fúria, curiosamente, não estava tão sedenta. Mostrou ao mundo que para ganhar uma partida de futebol basta apenas um, um único gol. Foi campeã com o menor, não o pior, mas efetivo, saldo de gols de todos os campeões mundiais. E daí?!